28 fevereiro 2012

A Inclusão Social e a Educação Infantil






"O mundo sempre esteve fechado para mudanças, em relação a essas pessoas, porém, a partir de 1981, a ONU (Organização das Nações Unidas) criou um decreto tornando o tal ano como o Ano Internacional das Pessoas Portadoras de Deficiências (AIPPD), época em que passou-se a perceber que as pessoas portadoras de alguma necessidade especial eram também merecedoras dos mesmos direitos que os outros cidadãos.
A princípio, eles ganharam alguma liberdade através das rampas, que permitiram maior acesso às escolas, igrejas, bares e restaurantes, teatros, cinemas, meios de transporte, etc. Aos poucos, o mundo foi se remodelando para dar-lhes maiores oportunidades.
É difícil pensarmos que pessoas são excluídas do meio social em razão das características físicas que possuem, como cor da pele, cor dos olhos, altura, peso e formação física. Já nascemos com essas características e não podemos, de certa forma, ser culpados por tê-las.
A inclusão social está ligada a todas as pessoas que não têm as mesmas oportunidades dentro da sociedade. E é bom lembrar que as diferenças se fazem iguais quando essas pessoas são colocadas em um grupo que as aceite, pois nos acrescentam valores morais e de respeito ao próximo, com todos tendo os mesmos direitos e recebendo as mesmas oportunidades diante da vida."
Desde a Declaração de Salamanca, surgiu o termo necessidades educativas especiais, que veio a substituir o termo criança especial, anteriormente utilizado em educação para designar a criança com deficiência. Porém, este novo termo não se refere apenas à pessoa com deficiência, pois engloba toda e qualquer necessidade considerada atípica e que demande algum tipo de abordagem específica por parte das instituições, seja de ordem comportamental, seja social, física, emocional ou familiar.
Com a abertura dos meios de comunicação passamos a ter conhecimento dos atos de violência (verbal, psicológico ou físico) praticados nas pessoas por suas características serem diferentes do padrão de beleza, imposto por algumas pessoas da sociedade. O "mal" mais recente que veio à tona é o bullying que mesmo na fase adulta deixa sequelas (vide nosso post).


Por Jussara de Barros
Complementado por: Turminha do Yuri by Tiça
                                      http://blogjonathancruz.blogspot.com/
                                      http://escolamunicipalromulogalvao10.blogspot.com   
                                      http://girofle.blogspot.com/ 
                                      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É muito bom ter Você com a Gente!

 Blog Renata Massa